Academia de Jiu-Jitsu fornece aulas gratuitas para doadores de sangue

Lutadores de Jiu Jitsu da equipe New Prime Jiu-Jitsu, em Fortaleza (CE), criaram a campanha “Doe Sangue e Salve Vidas” que visa promover o ato da doação de sangue e levar à tona o dia 25 de novembro, conhecido como ‘Dia do doador voluntário de sangue’, além de viabilizar a importância dos benefícios à saúde do doador, que vão desde a redução de risco de doenças cardíacas até a prevenção de alguns tipos de câncer.

A equipe fez mobilização virtual e ofertou um mês gratuito de aulas de Jiu-Jitsu para doadores de sangue que comprovem doações feitas com no mínimo 10 dias anteriores à matrícula. “Não há nada mais prazeroso do que saber que uma doação pode salvar até quatro vidas. O jiu-jitsu salva, e as doações de sangue também”, comenta Ramon Fernandes – mestre e fundador da equipe New Prime.

Segundo os organizadores, essa não foi a primeira ação de doações criadas pela equipe, em dezembro de 2020 foi realizado distribuição de ração canina para o Abrigo Lar TinTin e em 2021, iniciou com a campanha de incentivo para as duas doses da vacinação contra o Covid-19.

“Sou professor, amigo e formador de opiniões, tenho comigo atletas que se dispõe a praticar a arte suave, mas também possui uma caminhada própria. Muitos acham que a função de um professor é apenas repassar as técnicas de luta, mas na verdade, é ele quem vai ajudar a melhorar a vida de seus alunos e a moldar o caráter de cada um”, lembra Ramon Fernandes.

Para doar:

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Além disso, é preciso apresentar documento oficial com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.