Acordo Israel-Emirados Árabes Unidos será assinado em 15 de setembro na Casa Branca

Israel e Emirados Árabes Unidos vão assinar um acordo mediado pelos Estados Unidos (EUA) na Casa Branca em 15 de setembro para normalizar suas relações, disse uma autoridade americana nesta terça-feira.
Este será o primeiro acordo de Israel com um país do Golfo e o terceiro com um Estado árabe depois dos assinados com Egito e Jordânia.
O estabelecimento de relações diplomáticas entre Israel e aliados dos EUA no Oriente Médio, incluindo as monarquias do Golfo, é uma peça-chave da estratégia do presidente Donald Trump para conter o Irã.

O acordo entre Israel e os Emirados foi alcançado no mês passado e anunciado pelo próprio Trump.

“O presidente Trump sediará a histórica cerimônia de assinatura dos Acordos de Abraham em 15 de setembro na Casa Branca”, disse um alto funcionário.

Delegados de alto nível dos dois países estarão presentes e o primeiro-ministro Benjamin Nethanyahu é “provável” para liderar a missão israelense, disse a fonte.
O ministro das Relações Exteriores dos Emirados, Abdullah bin Zayed, chefiará sua delegação, acrescentou.
Os palestinos disseram que os Emirados “os apunhalaram pelas costas” ao assinarem o acordo enquanto seu conflito com Israel permanece sem solução.
Washington disse ter esperança de que outros países árabes tenham laços com Israel para começar a alcançar a estabilidade no conturbado Oriente Médio.

Foto: AFP