“Ainda há tempo de parar a guerra”, diz embaixador do Brasil em reunião na ONU

Ronaldo Costa Filho, embaixador do Brasil em reunião na ONU | Foto: Reprodução/Agência Brasil)

O embaixador do Brasil na ONU, Ronaldo Costa Filho, falou em reunião emergencial da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que acontece nesta segunda-feira (28), que discute a invasão da Rússia à Ucrânia na última quinta-feira (24).

O embaixador afirmou que “ainda há tempo de parar a guerra”, afirmou. “Este é um momento decisivo para a ONU e para o mundo”.

Costa Filho disse também estar preocupado com os eventos que podem levar a um conflito mais amplo, caso os ataques da Rússia sobre a Ucrânia não pare. 

O embaixador da Rússia da ONU, Vasily Nebenzya, enfatizou em reunião emergencial que a raiz das ações russas é a desobediência do ‘Acordo de Minsk’. Nobenzya destaca que houve um diálogo em Kiev, capital da Ucrânia, para reconsiderar o que assinaram no acordo, “foi necessário um diálogo”.

O embaixador do Brasil declarou: “precisamos de soluções que possam ser implementadas sem continuar com a hostilidade e o efeito dominó que se espalhara pelo mundo todo”.