André Fernandes é condenado a pagar R$ 50 mil de indenização por ofensas contra jornalista

O deputado estadual do Ceará, André Fernandes (Republicanos) foi condenado a pagar indenização de R$ 50 mil à Patrícia Campos Mello, depois de publicar nas redes sociais ataques machistas contra a jornalista da Folha de São Paulo. A decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo foi assinada pelo juiz Vitor Frederico Kümpel no último dia 16.

André Fernandes, fez ataques públicos à profissional de imprensa, inclusive utilizando as redes sociais. 

Em 2018, a jornalista publicou reportagem no jornal paulista, na qual detalhou um esquema irregular de disparo em massa, por meio das redes sociais, de notícias contra o PT, partido rival de Bolsonaro na disputa no 2º turno. 

O deputado cearense fez declarações consideradas “machistas” pelo magistrado, no mesmo dia em que Hans River, um funcionário de uma das empresas apontadas como parte do esquema de disparo de mensagem, disse, na CPI das Fake News, que Patrícia havia oferecido sexo em troca da informação.