Animais sofrem com incêndios no Pantanal

Os animais sofrem as consequências dos incêndios no Pantanal. Carcaças são vistas ao longo da Rodovia Transpantaneira, que corta o Pantanal Mato-grossense.
Segundo dados coletados pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, cerca de dois milhões e 300 mil hectares da planície do centro-oeste do Brasil, com algumas partes no Paraguai e na Bolívia, foram consumidos pelo fogo desde o início do ano.
Os satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais detectaram mais de 12.500 focos de incêndio desde janeiro, mais do que os de 2018 e 2019 juntos.
O número atual já ultrapassou o recorde registrado em 2005, mais de três meses antes do fim do ano.
O desastre foi causado, em primeiro lugar, por uma seca excepcional.
Mas estudos mostram que o desmatamento da Amazônia também tem impacto no volume de chuvas em outras regiões.
Segundo a Agência Brasil, o governo federal vai ajudar no combate aos incêndios no Pantanal.
A informação foi confirmada pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, em mensagem nas redes sociais.

Confira a matéria:

Foto: AFP