Bombardeio aéreo no Iêmen deixa 20 mortos, entre eles sete crianças

Um bombardeio aéreo ocorrido na quinta-feira provocou a morte de 20 pessoas, entre elas sete crianças, no norte do Iêmen, anunciaram os rebeldes huthis nesta sexta-feira (7).
O ataque aconteceu na província de Jawf, na parte nordeste da capital, Sanaa, controlada pelos rebeldes, conforme anunciou um dirigente dos serviços de saúde huthi.
Outro dirigente huthi informou à agência de notícias Saba, que apoia os rebeldes, que o ataque contra um comboio de quatro carros de civis causou a morte de 20 pessoas, “a maioria delas mulheres e crianças”, e que outras sete ficaram feridas.
Desde 2014, a guerra no Iêmen ocorre entre as forças pró-governo, apoiadas por uma coalizão militar liderada pela Arábia Saudita, e os rebeldes huthis, apoiados pelo Irã.

Foto: Reprodução