Camilo recomenda adiamento do início das aulas para crianças de até 11 anos e redução nos estádios de futebol

O governador do estado do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou em transmissão ao vivo, mais um decreto nesta sexta-feira (14), onde recomenda o adiamento das aulas para crianças de até 11 anos que estavam previstas para iniciar na próxima segunda-feira (17). Outra medida anunciada foi a diminuição de público máximo permitido nos estádios de futebol, que só vão poder acomodar até 30% da capacidade máxima até o dia 5 de fevereiro. 

O gestor estadual lembrou que a data é o prazo estabelecido também para a redução de público dos eventos.

Além disso, o uso da máscara N95 para funcionários de estabelecimentos onde há um alto número de circulação de pessoas como supermercados, shoppings e farmácias permanece obrigatório.

“Devido ao alto poder de contágio dessa onda. Os estudos mostraram que a máscara N95 consegue proteger significativamente a transmissão dessa variante que, repito, é muito transmissível. É uma obrigatoriedade que o comitê decidiu para proteger o trabalhador e a população”, explicou Camilo.

O secretário da Saúde do Ceará, Marcos Gadelha, acompanhou o governador na live desta sexta e também comentou sobre o cenário epidemiológico da capital. Fortaleza está com quase 45% da taxa de positividade dos exames de Covid-19 realizados.