Início Destaque Carmelo Neto denuncia equipamentos de saúde parados em depósito da Secretaria de...

Carmelo Neto denuncia equipamentos de saúde parados em depósito da Secretaria de Saúde

Carmelo Neto denuncia equipamentos de saúde parados em depósito da Secretaria de Saúde | Foto: Reprodução

Em um vídeo publicado nas redes sociais, o vereador Carmelo Neto (Republicanos) denunciou, um depósito da Secretaria de Saúde de Fortaleza com diversos materiais de saúde parados que, segundo ele, faltam nos hospitais da cidade. No ato, o vereador deu voz de prisão a um funcionário público por “impedir o trabalho do parlamentar” e por “desacato”.

Uma prévia do vídeo foi divulgada no sexta-feira (18) e completo neste domingo (20), em uma publicação no twitter, Carmelo afirma que nesta segunda-feira (21) encaminha um ofício à Secretaria de Saúde de Fortaleza e ao Ministério Público.

O vereador chama a atenção para a repercussão da denúncia e afirma ter dado voz de prisão ao funcionário. 

“Tentaram me impedir, dei voz de prisão e o fato atingiu pelo menos 10 milhões de pessoas. Mas pasmem, NENHUM JORNAL DO CEARÁ ABRIU O BICO! Por que será?”, disse.

Ao chegar no almoxarifado, Carmelo se apresenta para um funcionário e afirma que recebeu denúncias da inutilização de equipamentos que deveriam estar nos hospitais e foi até o local para verificar. No momento em que o vereador entra e se depara com alguns itens como macas, outro funcionário comparece e diz que irá acompanhá-lo na visita.

O funcionário ao distinguir por onde começar, Carmelo diz que deseja ir por outro lado e então começa o impasse entre os dois, o que levou a uma discussão. Na ação a polícia foi acionada e o servidor se retratou com o vereador com pedido de desculpas.

Equipamentos

No almoxarifado da Secretaria de Saúde, da Prefeitura de Fortaleza, foi mostrado pelo vereador a existência de macas, colchões, suportes para cama, cadeiras odontológicas e ar-condicionados.

“o povo deitado no chão, deitado em pedra”, afirma Camelo no vídeo publicado em sua conta no instagram.

O parlamentar disse que aguarda respostas por parte dos responsáveis.

Estúdio Ao vivo
Sair da versão mobile