Casa da Mulher Cearense de Quixadá entra em fase final de construção

Casa da Mulher Cearense de Quixadá | Foto: Reprodução

O Governo do Ceará iniciou a fase final das obras de implantação da Casa da Mulher Cearense de Quixadá, no Sertão Central.

Segundo a Superintendência de Obras Públicas (SOP), o equipamento está com 84% de obras prontas. Quem deu detalhes do andamento dos trabalhos foi o superintendente adjunto de Edificações da SOP, Caio Timbó.
“O Estado do Ceará continua expandindo, já iniciamos também em Iguatu, já foi dado a ordem de serviço, já foi iniciada a obra e logo mais teremos aí Crateús e Tauá se somando essa rede de proteção ao público feminino. O estado do Ceará mais uma vez prova que investe pesado para atender a população que mais precisa. Somando esse investimento hoje, desses equipamentos, a gente tem uma cifra de mais de R$ 26 na construção desses equipamentos”, destacou.

O objetivo da Casa da Mulher Cearense (CMC) é fortalecer as políticas públicas para proteção a esta população vítima de violência, especialmente a doméstica. Os equipamentos visam oferecer suporte em múltiplas áreas, desde uma cobertura jurídica e psicossocial até a capacitação profissional, entre outras ações.

Dois municípios, Juazeiro do Norte e Sobral, estão com os equipamentos em pleno funcionamento.

O investimento na construção da CMC de Quixadá é de R$ 5 milhões.

Caio Timbó destaca ainda obras de outras Casas da Mulher Cearense em andamento em outros municípios.

“A Casa da Mulher Cearense é um importante equipamento que está sendo implantado pelo Governo do Estado do Ceará, que visa o acolhimento e a proteção da mulher. É muito salutar ver essa rede crescendo e expandindo o interior do Estado do Ceará. Atualmente já encontramos a casa da mulher cearense em Juazeiro do Norte, seguida implantamos a casa da mulher cearense em Sobral e a próxima cidade a receber nos próximos meses, que já tem aí as obras bem avançadas em torno de 85% pronta já na fase de acabamento, recebendo os acabamentos finais logo mais teremos aí Quixadá a entrega desse importante equipamento que não entenderá só em Quixadá, atenderá também ali na região do sertão central que vai será beneficiada com esse importante equipamento”, destacou.

O equipamento tem cerca 1.700 metros quadrados e conta com uma gama de serviços de órgãos especializados, como Delegacia da Polícia Civil, Tribunal de Justiça, Ministério Público e Defensoria Pública, além de uma estrutura onde as mulheres recebem orientação psicológica e participam de cursos para inserção no mercado de trabalho.