Ceará têm farmácias com falta de medicamentos

Medicamentos - Pixabay

Farmácias do Ceará registram falta de remédios em seus estoques, segundo o Sindicato Varejista de Produtos Farmacêuticos (Sincofarma). Medicamentos como antibióticos, analgésicos e até mesmo antitérmicos estão em escassez. Com o aumento dos casos de síndromes gripais, o estado  tem levado a população às farmácias, que sofrem com a dificuldade para conseguir os medicamentos.

O diretor do Sincofarma, Maurício Filizola, disse que o problema não ocorre apenas no Ceará, mas em todo o país.

“Isso é ocasionado pela falta da matéria-prima no mercado internacional e até mesmo embalagens no mercado nacional, que tem dificultado a indústria nacional de cumprir com seus compromissos de entrega de produtos para as distribuidoras e, em consequência, às farmácias”, disse Filizola.