Chefe da inteligência da Ucrânia diz que Putin sofreu atentado

Vladimir Putin, presidente da Rússia | Foto: Reprodução

O chefe da inteligência militar da Ucrânia, Kirilo Budanov, afirmou que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, sobreviveu a uma tentativa de assassinato que aconteceu logo após a invasão no território ucraniano no dia 24 de fevereiro deste ano. 

Budanov disse em entrevista a um jornal local que Putin foi atacado por representantes do Cáucaso. “A tentativa foi absolutamente mal sucedida, mas aconteceu há cerca de dois meses”, afirmou.

O chefe da inteligência ucraniano negou que Kiev tenha envolvimento com o atentado. 

A Rússia não se pronunciou após a declaração.

Desde a invasão na Ucrânia vem surgindo diversos rumores em relação a Putin, principalmente sobre o estado de saúde do russo, alegando que ele está com péssimas condições psicológicas e físicas e que sofre de várias doenças ao mesmo tempo, uma delas é um câncer terminal.