China entra no consulado dos EUA em Chengdu

As autoridades chinesas entraram nesta segunda-feira no consulado dos Estados Unidos em Chengdu, pouco depois da saída dos últimos funcionários de Washington.
A ação encerra um episódio de sanções mútuas dignas da Guerra Fria. De maneira simbólica, a bandeira dos Estados Unidos foi retirada de dentro do complexo diplomático.

“Exigir o fechamento do consulado dos Estados Unidos em Chengdu e assumir as instalações é a resposta legítima e necessária da China ao ato injustificado deles de fecharem o consulado chinês em Houston e invadir o complexo. O que a China fez está em conformidade com o direito internacional, a regra básica relações internacionais e prática diplomática “, disse Wang Wenbin.

O consulado dos Estados Unidos em Chengdu foi aberto em 1985.
O fechamento foi uma resposta ao encerramento das atividades do consulado chinês em Houston pelo governo do presidente Donald Trump, em meio a acusações de espionagem.

As retaliações mútuas ocorrem em meio à deterioração das relações entre os dois países, em várias frentes.
Além da embaixada em Pequim, os Estados Unidos agora têm quatro consulados na China continental, em Cantão, Xangai, Shenyang, Wuhan.
Há ainda um em Hong Kong.

Confira a matéria:

Foto: AFP