Conselho administrativo fará deliberação sobre presidente do Petrobras

Conselho administrativo fará deliberação sobre presidente do Petrobras | Foto: Reprodução

A Petrobras informou em nota, nesta segunda-feira (29), que recebeu ofício do Ministério de Minas e Energia (MME) e que irá deliberar sobre a indicação de Adriano Pires de Andrade para a presidência da empresa.

De acordo com o documento, a próxima assembleia geral ordinária, que deverá acontecer em 13 de abril, avaliará duas substituições para a eleição de membros do conselho administrativo.

Currículo

Graduado em economia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com mestrado em Planejamento Energético e doutorado em Economia Industrial pela Universidade Paris, Adriano Pires já foi superintendente de Abastecimento e superintendente de Importação e Exportação de Petróleo da Agência Nacional do Petróleo. Ele deve substituir o atual presidente Joaquim Silva e Luna.

Sobre os combustíveis

No ano passado, Adriano Pires defendeu alternativas, além da privatização da Petrobras, para conter a alta dos combustíveis. Como:

  •  A criação de um fundo de estabilização dos preços, com o uso de parte da receita adicional dos royalties recebidos pelo governo; 
  • Adoção da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico);
  • Volta da conta-petróleo, chamada de PPE (Parcela de Preço Específica).