Buenos Aires (AFP) – A região da América Latina e Caribe registrou mais de 300.000 casos diários de covid-19 entre os dias 7 e 13 de janeiro, um recorde desde o início da pandemia há dois anos, segundo um balanço realizado pela AFP com base em dados oficiais.Nesta nova onda, a Argentina acumula quase metade dos novos casos. Nesta sexta-feira (14), o país somou 139.853 contágios e 96 mortes.Com 45 milhões de habitantes, a Argentina acumula 6.932.972 casos e 117.901 mortes por covid-19.Na América Latina, a média de novas infecções foi de 304.000 por dia esta semana, o que duplica o recorde alcançado na onda anterior, de 155.000 casos por dia entre 28 de maio e 3 de junho de 2021. O aumento foi de 126% com relação aos sete dias anteriores.As mortes por covid-19 também estão crescendo na região, mas em um ritmo muito inferior ao das infecções.Entre 7 e 13 de janeiro foi reportada uma média de 621 óbitos diários, o que representa um aumento de 44% com relação à semana anterior. O recorde de mortes na região ocorreu na semana de 6 a 12 de abril de 2021, com 5.548 falecimentos diários.