São Paulo (AFP) – O craque português Cristiano Ronaldo prevê “batalhas difíceis” para a sua seleção na repescagem das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo do Catar-2022, mas está confiante de que vão superar os obstáculos e participar do Mundial, disse o jogador à imprensa. “Seria muito triste não alcançarmos nosso objetivo, que seria a Copa do Mundo. Mas eu ainda acredito muito que vamos estar na Copa. No futebol e na vida, passamos por momentos difíceis, mas o que prevalece é a capacidade de se levantar”, disse o capitão português em entrevista à ESPN Brasil transmitida na noite de quinta-feira.”Sabemos que temos batalhas difíceis, primeiro contra a Turquia; e se ganharmos, a Itália também… Eu acredito. Vamos ver. Em março, estaremos preparados, será uma batalha. Vai ser bom para os fãs de futebol”, acrescentou. Portugal enfrenta os turcos no dia 24 de março na semifinal do Grupo C dos playoffs europeus. Se vencerem, poderão enfrentar na final dessa área, a Itália, que terá pela frente a Macedônia do Norte no mesmo dia. Por causa desse emparelhamento, um dos dois últimos campeões europeus, a ‘Nazionale’ em 2021 e a seleção portuguesa em 2016, não irá para a Copa do Mundo no Catar, que será disputada de 21 de novembro a 18 de dezembro.”A vida é assim. Não há cenário perfeito. Temos que encarar as coisas como são. Há tempo, temos que desfrutar até lá e, em março, estar preparados”, disse o cinco vezes vencedor da Bola de Ouro.