Criatividade, luxo e regionalismo marcam 3º dia de desfiles do DFB Festival

3º dia do Dragão Fashion Brasil | Foto: Divulgação

Com a edição Ocupe seu espaço, a força criativa e indústria de moda do Ceará tem ganhado grande destaque no DFB Festival 2022, sediado em uma megaestrutura de 30.000 m² no Aterro da Praia de Iracema. O 3º dia de programação foi marcado por desfiles de nomes consagrados, que trouxeram luxo e muita criatividade aos olhos do público. O pop, rock, reggae e MPB foram os ritmos predominantes no Palco Factory, que recebeu Davi Cartaxo, Juan e a DJ Isa Capelo.

Ciclo de formação

Oficinas criativas e temáticas relevantes estiveram presentes em mais um dia de programação do Dragão Pensando Moda (DPM), promovido pelo Senac. No início da manhã, Lucas Winck falou sobre os princípios para desenvolver uma escrita mais criativa sobre a moda. Em seguida, Dudu Bertholini, junto à Itiana Pasetti e à Adriana Tubino, comandaram um talk sobre o ecossistema da moda, trazendo experiências e expondo desafios do segmento. Para encerrar o ciclo, a pauta da sustentabilidade foi destacada mais uma vez por Flávia Aranha, referência em moda sustentável e circular, para o painel do Mundo Unifor no DFB.

 

Good vibes e brasilidade

O palco Factory recebeu mais uma vez atrações de diversos ritmos e gêneros. No entardecer, o público foi contagiado por um setlist cheio de clássicos da MPB e da bossa nova com a DJ Isa Capelo. Pela noite, a mistura do pop, reggae e pop tomaram forma através do talento e melodia good vibes de Juan. Nova sensação do pop nacional, Davi Cartaxo foi a atração principal da noite e levantou a Cidade Autoral com um repertório de sucessos de hits internacionais, regravações e composições próprias, como “Estrela do Mar”, “Leve Brisa” e “Distração”.

 

Doixton, Two Notty e Selvagens à Procura de Lei comandam a musicalidade do último dia de DFB Festival 2022.

Criatividade e tradição em alto estilo

Em meio a grande expectativa, as passarelas do DFB receberam criações de nomes consagrados na cena, como David Lee, Theresa Montenegro e Kallil Nepumoceno. Como forma de celebrar e revelar novos talentos da moda, equipes selecionadas do FB Uni, Santa Marcelina e SENAC-Sergipe se destacaram no desafio do Concurso dos Novos e apresentaram uma coleção-cápsula 100% algodão cheia de criatividade e ousadia. Marcando o retorno do co-criador do evento, Josenias Junior, a marca Banana Urbana estreou a coleção “Banana da Terra”, preenchida por peças de estética tropical e com a cor amarela como grande protagonista.

A marca Handlace transformou as vivências da infância no sertão, lembranças da juventude em Fortaleza e desafios da vida da adulta da estilista Edina Monteiro através de peças puramente autorais, fluidas, de cortes abertos, tons naturais e entrecortes leves. Em meio a muita expectativa, David Lee, nome consagrado através do DFB, uniu a arte plástica de Narcélio Grud a sua criatividade surrealista para a coleção “Aurora”. O cearense homenageou a Terra do Sol com peças de tons quentes em crochê, sarjas, tricoline, algodão e moletom, junto a acessórios leves e criativos, para refletir e dar vida à arte.

Autenticidade e musicalidade foram um dos pontos de destaque do desfile de Theresa Montenegro, novidade das passarelas do DFB. A coleção La Nuit, inspirada na mulher contemporânea, contou com peças exuberantes e luxuosas, investidas em tecidos nobres, texturas sofisticadas, alfaiataria e muitas plumas e vidrilhos. Referência na alta costura brasileira, Kalil Nepomuceno ressaltou a beleza feminina com a coleção “Sobre um Novo Olhar” desafiadora, que uniu estampas, acessórios brilhosos, tecidos nobres e recortes bem arquitetados e sensoriais para expressar sua arte. A modelo e atriz Dani Gondim foi uma das musas da coleção e abriu o desfile do estilista.

No fim da noite, a tônica foi o poder da produção manual das mulheres rendeiras. Em sua estreia, a Olê Rendeiras, fruto da parceria entre as marcas QAIR Brasil e Catarina Mina, surpreendeu o público com looks delicados e coloridos, feitas por renda de bilro, harmonizados em diferentes recortes, como blusas, kimonos, vestidos e biquínis para a coleção MARÉ. O projeto tem como objetivo ressignificar e perpetuar a tradição da renda de bilro, fonte de renda que transforma a vida de 237 mulheres residentes no município de Trairi, no Ceará.

Confira a programação completa deste sábado, último dia do DFB Festival 2022:

DRAGÃO PENSANDO MODA (DPM)

Onde: Auditório DPM

9h às 12h – Oficina de Ecossistema da Moda – Espaço Senac Reference (Senac) – Apresentado por Adriana Tubino, Dudu Bertholini e Itiana Passetti

15h às 17h30 – Inclusão | Experiência da Marca – Sala 2 (Senac) – Apresentado por Lilyan Berlim, Belly Palma e Denise Faertes (Fruto do Conde).

DESFILES

18h (Sala 1) • Concurso dos Novos

19h (Sala 1) • Sau Swim

19h30 (Sala 2) • Rendá

20h (Sala 1) • Marina Bitu

20h30 (Sala 2) • Baba

21h (Sala 1) • Senac Richelieu por Ivanildo Nunes

PALCO FACTORY

17h – Two Notty

19h – Doixton

21h – Selvagens à Procura de Lei

DFB Festival 2022

Idealizado por Cláudio Silveira, o mega evento chega à 22ª edição, consagrando-se pela programação diversa e reforçando a vocação do Ceará como epicentro para a fomentação da moda, da cultura, da formação e da valorização do turismo. De acordo com Cláudio Silveira, idealizador do evento, o festival carrega o tema “Ocupe seu espaço” com um olhar 360°, para retratar o Brasil de diversos horizontes. Para além da moda e de forma multicultural, o público confere programações voltadas para a cultura, economia, formação, indústria, gastronomia e turismo.

Reforçando o compromisso com a criatividade e economia criativa, o DFB ressalta o título de Fortaleza como Cidade Criativa do Design pela Unesco. O reconhecimento ocorreu em 2019, ano da última edição presencial do DFB Festival, quando mais de 3,6 mil postos de trabalho foram gerados e pelo menos 42 mil pessoas passaram pelo evento durante os quatro dias de programação.

O DFB Festival 2022 é realizado pela Artesanias do Ceará e apresentado pela Secretaria Especial da Cultura do Governo Federal e pelo Governo do Estado do Ceará. Agradecimento à Enel, patrocínio Giga Mall e apoio da Prefeitura de Fortaleza, Sebrae, Cagece e Vicunha. O Evento conta com o apoio institucional da Secretaria de Cultura (Secult/CE).

Sobre o DFB Festival

Criado em 1999 e realizado anualmente em Fortaleza, o DFB Festival é um dos mais relevantes eventos multidisciplinares que entra em diálogo com a moda autoral, cultura e ações formativas da América Latina – é, portanto, uma poderosa e notória plataforma para o desenvolvimento da cultura de moda no país e, também, para o fortalecimento da indústria de têxteis e confeccionados no Ceará. A partir do incentivo aos novos talentos, contribui para a oxigenação do mercado e o aprimoramento do trade.

DFB Festival 2022

Quando: 25 a 28 de maio

Onde: Praia de Iracema – Fortaleza (CE)

Instagram: @dfbfestival

Site: https://www.dfbfestival.com.br/

Entrada Gratuita para o evento (sujeito a capacidade de lotação)

Entrada para os desfiles somente com convites físicos (são distribuídos diariamente no concierge do evento)

Classificação indicativa dos desfiles: 12 anos