E-commerce: as pessoas mudarão seu estilo de compras?

Devido a pandemia provocada pelo novo coronavírus e o fechamento de estabelecimentos comerciais, o número de compras online registaram um aumento de 400% na abertura de novas lojas online, segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm).
Antes da pandemia, havia aproximadamente 10 mil novas aberturas de lojas online por mês. Após o isolamento social, este número saltou para 50 mil novas lojas online por mês.

Pode-se dizer que esta que a abertura de novas lojas e até mesmo o consumo de compras online se manterão pós-pandemia? Essas novas lojas se sustentarão por muito tempo? Haverá oferta para uma demanda cada vez mais crescente? Os consumidores passarão a comprar cada vez mais pela web ou com a abertura de lojas e shoppings, isso tenderá a diminuir?
Já do lado do empreendedor, quando e qual a melhor forma para se iniciar suas vendas online? Quais estratégias de marketing digital a serem adotadas para se destacar neste concorrido mercado?
Prezado jornalista, caso haja interesse em repercutir esse tema, deixamos à disposição para entrevistas e consultas, a coordenadora do MBA em Marketing Digital da Universidade Santo Amaro – Unisa, professora mestre Grace Cunha. A docente é especialista em Estratégia Digital e comportamento de consumo online.

Foto: Pixabay