‘Ele responda pelos atos dele’, diz Bolsonaro sobre prisão contra Milton Ribeiro

Presidente Jair Bolsonaro e ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro | Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (22), após ser questionado sobre a ordem de prisão contra o ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, que o ex-ministro é quem deve responder por seus atos à frente do MEC.

“Isso aqui, se tem prisão, é Polícia Federal, é sinal de que a Polícia Federal está agindo. Ele responda pelos atos dele. Peço a Deus que não tenha problema nenhum. Mas, se tem algum problema, a PF está agindo, está investigando, é um sinal que eu não interfiro na PF, porque isso aí vai respingar em mim, obviamente”, afirmou Bolsonaro em entrevista à rádio Itatiaia.

A PF deflagrou uma operação logo na manhã desta quarta, para prender Ribeiro. 

No momento em que o presidente foi questionado, a PF já possuía o mandado de prisão contra Ribeiro, mas ainda não havia a confirmação de que a prisão havia sido realizada. A confirmação ocorreu minutos depois. 

Também foram alvos da operação os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura.

A Polícia Federal investiga o ex-ministro por suposto favorecimento aos pastores e a atuação informal deles na liberação de recursos do ministério. Existe a suspeita de cobrança de propina. 

Milton Ribeiro foi demitido do Ministério da Educação, em março, devido às denúncias.