Em ação rara, Japão envia coletes balísticos à Ucrânia

Em ação rara, Japão envia coletes balísticos à Ucrânia | Foto: Reprodução

O Japão enviou coletes balísticos para a Ucrânia em ação rara para o país, que defende sua constituição pacifista após a Segunda Guerra Mundial. As diretrizes rígidas que proíbem a transferência de suprimentos de defesa do Japão para regiões em conflito foram atualizadas, assim, permitindo que equipamentos designados pelo ministro da Defesa sejam entregues aos ucranianos após a invasão da Rússia.

Esta é a primeira vez que o Japão envia coletes balísticos para o exterior.

Os suprimentos foram destinados ao Leste Europeu em um avião das Forças de Autodefesa do Japão, que partiu da Base Aérea de Komaki, na província de Aichi, segundo uma postagem do órgão nas redes sociais.

A ação aconteceu após um pedido do ministro da Defesa da Ucrânia na última sexta-feira (4).

O Japão está planejando entregar outros suprimentos de emergência não letais, como alimentos, produtos de higiene, câmeras, geradores de energia, barracas e roupas de inverno para a Ucrânia.

O país não planeja enviar armas letais para a Ucrânia.