Escolas e universidades públicas e privadas não funcionam presencial, com exceções a partir de sexta (19)

Com o novo decreto do governador Camilo Santana anunciado nesta quarta-feira (17), as escolas e universidades públicas e particulares do Ceará não funcionarão presencialmente a partir desta sexta-feira (19) até o dia 28 de fevereiro. A decisão foi divulgada por meio de transmissão ao vivo e será publicada no Diário Oficial do Estado.

A medida é uma tentativa do Governador de tentar frear o avanço da pandemia no Estado, com aumento do número de casos e da pressão na rede assistencial de saúde. Diferente das outras medidas nesta quarta-feira, as escolas ainda funcionam normalmente nesta quinta-feira (18).

As escolas privadas já começaram a comunicar aos pais sobre a decisão tomada pelo poder público. Em nota, o colégio Antares afirmou que seguirá o determinado e espera “poder retornar integralmente às atividades quando o período definido em decreto for concluído.

Exceções

Algumas atividades cujo ensino remoto é inviável, continuam ocorrendo de forma presencial, como: aulas práticas e laboratoriais para concludente do Ensino Superior, inclusive de Internato, e atividades de berçários e da Educação Infantil para crianças de zero a três anos.