Fortaleza tem alerta crítico na ocupação de leitos de UTI para Covid, afirma Fiocruz

Fortaleza tem alerta crítico na ocupação de leitos de UTI para Covid, afirma Fiocruz | Foto: Reprodução Governo do Ceará

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgou uma nota técnica nesta ontem (12), na qual indica que Fortaleza está com alerta crítico na ocupação de leitos de UTI para pacientes adultos com Covid-19. ‘1QDCV De acordo com a Fundação, 88% dos leitos disponíveis estão ocupados, o que requer atenção das autoridades sanitárias.

A ocupação dos leitos de UTI no estado do Ceará está em alerta intermediário, com 68%, de acordo com a entidade.

Capitais com alerta crítico:

Fortaleza (88%)

Recife (80%)

Belo Horizonte (84%)

Goiânia (94%)

Estados com alerta crítico ou intermediário:

Pernambuco (82%)

Pará (71%)

Tocantins (61%)

Piauí (66%)

Ceará (68%)

Bahia (63%)

Espírito Santo (71%)

Goiás (67%)

Distrito Federal (74%)

A Fiocruz aponta que o nível de leitos disponíveis atualmente é diferente do verificado em 2021, mas alerta para o crescimento nas taxas de ocupação diante da “ampla e rápida proliferação da variante ômicron no Brasil”.

A entidade afirma, porém, que “menções a um possível colapso no sistema de saúde, neste momento, são incomparáveis com o que foi vivenciado em 2021”. Os números de internações, conforme a Fiocruz, são “predominantemente” menores do que os maiores índices do ano passado.

O governador Camilo Santana (PT) anunciou nesta semana, a abertura de 452 leitos de UTI e enfermaria para atendimento de pacientes com síndromes gripais decorrentes de Covid-19 ou Influenza. O número de pessoas requerendo atendimentos no SUS vem subindo desde o fim de dezembro de 2021.