Governo americano ameaça retirar fundos de cidades progressistas

As cidades governadas por progressistas de Nova York, Portland e Seattle podem ser privadas de fundos federais devido a um suposto policiamento leniente.
O alerta foi feito nesta segunda-feira pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, em uma extensão de uma ordem executiva emitida no início de setembro por Donald Trump.
Autoridades de Nova York responderam que vão tomar medidas legais se o governo republicano cumprir as ameaças.
Para o governo, as administrações das cidades permitiram o que foi chamado de ‘anarquia, violência e destruição’ nos territórios.

Portland e Seattle estão na mira do governo federal por não terem conseguido impedir excessos que ocorreram em protestos após a morte de George Floyd, americano negro morto por um policial branco de Minneapolis em 25 de maio.
Nova York é criticada por não ter processado alguns manifestantes presos durante as marchas, bem como pelo aumento do número de tiroteios na cidade nos últimos meses.
Em uma declaração conjunta, os prefeitos das três cidades afirmaram que ‘tudo isso é profundamente político e inconstitucional’.
O texto diz ainda que o governo Trump quer ‘se esquivar de responsabilidades e culpar outros para esconder deficiências’.

Confira a matéria:

Foto: AFP