Guedes confirma que dois secretários da pasta pediram demissão

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou nesta terça-feira (11) que o secretário especial de Desestatização, Salim Matar, e o secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, pediram demissão.
De acordo com Guedes, o motivo da demissão seria a insatisfação de Mattar com o ritmo das privatizações de estatais.

No caso de Uebel, o ministro disse que o secretário deixou o cargo pela falta de andamento da reforma administrativa.

Ao confirmar a demissões Guedes afirmou: “Hoje houve uma debandada”.

O ministro da Economia também disse que gostaria de privatizar quatro grandes empresas e citou a Eletrobras, a PPSA estatal de partilha do Pré-Sal, Correios e a Docas de Santos.

Foto: Reprodução