Influenza H3N2: saiba quais os sintomas e como se prevenir

Algumas capitais do Brasil estão enfrentando um surto de gripe da Influenza H3N2 e sua variante Darwin. Com sintomas parecidos com a Covid-19, a Influenza tem se espalhado com bastante rapidez e lotando unidades de saúde em São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará.   

Em Fortaleza, após o aumento de casos, a Prefeitura expandiu o número de locais onde é possível receber a vacina contra a gripe. Confira!

Devido ao avanço da gripe é preciso redobrar o cuidado, fortalecer a imunidade e ficar atento aos sintomas. 

Sintomas

  • febre alta no início do contágio;
  • inflamação na garganta;
  • calafrios, perda de apetite;
  • vômito;
  • dores no corpo;
  • tosse;
  • mal-estar;
  • em alguns casos irritação nos olhos e diarreia.

Maiores riscos

Caso seja agravada, a gripe H3N2, pode ocasionar óbitos, como já aconteceu no Rio de Janeiro. A atenção e cuidado maior deve ser dado aos grupos que estão mais vulneráveis, que são idosos e crianças.

Prevenção

Parecido com a Covid-19 e outras doenças respiratórias, a indicação inicial é usar máscaras em ambientes fechados, passar álcool gel, lavar bem as mãos com e evitar aglomerações.

Assim como a gripe comum, é essencial ingerir bastante água e buscar alimentos ricos em vitamina C.

Dados de gripe no Ceará

Em Fortaleza, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informou que de janeiro a dezembro de 2021, foram registrados 238.746 atendimentos por síndrome gripal nos 116 Postos de Saúde do município. Deste total, 9.934 foram em setembro, 11.689 em outubro, 8.992 em novembro e 11.047 em dezembro, até o dia 20.

Em todo o Ceará, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) disponibilizou dados que mostram que, em 2021, até o dia 4 de dezembro, foram notificados 67.762 casos de síndrome respiratória aguda grave no Sivep-Gripe. Dos casos investigados em pacientes internados, somente três foram confirmados como H3N2, sendo um classificado como influenza A (não subtipado – amostra de laboratório particular), um como influenza A (H3N2) e um caso como influenza B. O paciente internado com H3N2 recebeu alta.