Lira defende urnas eletrônicas “sistema é confiável”

Arthur Lira pede mais discussões sobre sistema de governo semipresidencialista | Foto: Reprodução

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP) defendeu, nesta terça-feira (10), a legitimidade das urnas eletrônicas e do sistema eleitoral no Brasil, em meio a tensão política. A afirmação foi feita durante o evento Brazil & The World Economy realizado pelo BTG Pactual em Nova York.

“A polarização vai se dar num momento específico da eleição o povo vai escolher (…) sem o eufemismo de que aquela urna presta ou não presta, eu fui eleito nesse sistema durante seis eleições e não posso dizer que esse sistema não funciona, o sistema é confiável. Precisa de ajustes? Precisa, mas é importante que tenhamos tranquilidade política no pleito”, afirmou.

Lira também citou a importância do controle dos poderes entre as instituições para que o país funcione como uma democracia estável. 

“Sempre priorizamos e lutamos para que os poderes se contenham com instituições fortes que tenham um encaminhamento de qualquer que seja o pleito eleitoral”, afirmou.

O presidente da Câmara ainda ressaltou a dificuldade de gestão do Brasil por meio do sistema presidencialista, retomando mais uma vez o tema de semipresidencialista e pediu apoio às discussões sobre o sistema de governo para entender “qual responsabilidade na gestão, qual responsabilidade no ônus.”