Foto/Reprodução: Internet

Pacotes de dados com informações pessoais de mais de 223 milhões de brasileiros apareceram em fóruns usados por criminosos digitais. Os dados foram separados por número de CPF e estão acompanhados de informações de veículos cadastrados no Brasil.

Os criminosos tentaram vender os dados nesse pacote, e a oferta não cobre a integralidade dos dados, ou seja, só é possível comprar trechos. Para comprovar a autenticidade da oferta, os criminosos publicaram arquivos de “exemplo” com mil amostras de cada tipo de informação.

O número de cadastros no pacote supera a população brasileira (estimada em 212 milhões), pois os dados incluem CPFs de pessoas falecidas.

Após esse megavazamento de dados, muitos brasileiros estão descobrindo que os seus nomes e dados foram utilizados para realizar a abertura de contas correntes e tomar empréstimos ilegais.

O site Registrato, do Banco Central, permite monitorar quais contas correntes e quantos empréstimos estão vinculados ao seu CPF. Você pode fazer o cadastro pelo aplicativo do banco no celular e pela internet.

Faça um credenciamento simples e você poderá controlar a sua situação em todas as instituições financeiras.

Confira o passo a passo abaixo:

Acesse o site do Banco Central que permite consultar quantas contas bancárias e empréstimos você possui.

Caso seja o seu primeiro acesso, clique em pessoa física e comece a fazer o credenciamento.

Existem muitas opções para fazer o credenciamento: celular, internet banking e cadastro digital. É possível fazê-lo também de forma presencial e pelo correio, mas por enquanto estão suspensas devido pandemia.

Credenciamento pelo Celular

Depois de indicar o primeiro acesso, abra o aplicativo do seu banco no celular e siga as instruções do Banco Central. O cadastro realizado por meio do aplicativo resultará num PIN. Guarde este número, pois será necessário na próxima etapa.

O BC detalha o caminho de cadastro para ser feito no aplicativo do seu banco.

O credenciamento pelo celular precisa ser concluído no site do Banco Central. Continue o cadastro e preencha todas as informações. Lembre-se de incluir o número do PIN criado pelo aplicativo do seu banco. E não se esqueça: a instituição financeira informada deve ser a mesma em todo o cadastro.

Com o fim do cadastro, já é possível acessar a página Registrato. Se você não for transferido automaticamente, deverá clicar aqui. Realize o login e utilize senha cadastrada. Se ela não funcionar, tente criar uma nova senha.

Na próxima etapa, já logado no app, clique em “Meus Endividamentos” e “Meus Relacionamentos Financeiros” e crie os relatórios. A partir daí, você saberá se existem empréstimos e contas abertas em seu nome em todas as instituições.

Credenciamento pela internet

Se desejar fazer pelo Internet banking, você deverá iniciar pela frase de segurança na página do Banco Central. Preenchendo todos os dados você conseguirá acessar a frase de segurança.

Com a frase de segurança criada, é possível fazer o credenciamento no site do seu banco. A frase vale por 48 horas. Siga as instruções da página do Banco Central.

Vá para o site do seu banco e pesquise por Registrato, pois poderá conseguir fazer o cadastro da chave mais rápido.

Cadastrou a frase no banco? Vá para a próxima etapa. Preencha todos os campos. Lembre-se que você vai utilizar novamente a sua frase.

A instituição financeira informada tem de ser a mesma em todo o cadastro.

Finalizando seu acadstro, já é possível acessar a página do Registrato. Se você não for transferido automaticamente, deverá clicar aqui. Faça o login e utiliza senha cadastrada. Se ela não funcionar, tente criar uma nova senha.

Na próxima etapa, já logado, clique em “Meus Endividamentos” e Meus Relacionamentos Financeiros” e crie os relatórios. A partir daí, você saberá se existem empréstimos e contas abertas em seu nome em todas as instituições.

Caso você verifique que há contas ou empréstimos e em seu nome que não foi você quem efetuou, entre em contato com a instituição financeira ou com o Banco Central.