Motorista de aplicativo é morto a tiros no Benfica, em Fortaleza

A polícia investiga o caso - Foto: Reprodução

Um jovem de 23 anos, que trabalhava como motorista de aplicativo, foi morto a tiros no Bairro Benfica, em Fortaleza, na madrugada deste domingo (17). Segundo a Associação dos Motoristas de Aplicativos do Estado do Ceará (Amap-CE), a vítima se chama Jorge Alysson das Chagas Soares. O motorista deixou um filho pequeno. 

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) afirmou que está investigando o homicídio, por disparos de arma de fogo. Segundo a secretaria, a vítima morreu dentro do carro.

Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) realizaram os primeiros levantamentos sobre o caso, que é investigado por meio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Em um vídeo publicado na rede social da Amap-CE, o presidente da associação, Rafael Keylon, cobrou justiça pela morte de Alisson. 

“O Alisson estava trabalhando na madrugada chuvosa e foi morto por uma pessoa que não quer trabalhar. […] É inadmissível, estamos cobrando da segurança pública, poderia ter sido qualquer um que está rodando enquanto trabalha”, disse Keylon.

A SSPDS ressaltou que a população pode contribuir com as investigações repassando informações. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias também podem ser encaminhadas para o telefone (85) 3257-4807, do DHPP. O sigilo e o anonimato são garantidos.