Não há favorito na final da Libertadores, diz Renato Gaúcho

Montevidéu (AFP) – O técnico do Flamengo, Renato Gaúcho, disse nesta sexta-feira que não há um favorito na final da Copa Libertadores-2021 contra o Palmeiras, neste sábado, no Estádio Centenário, em Montevidéu. “Não vejo favoritos. São dois grandes times, os últimos campeões da Libertadores”, disse o treinador, em entrevista coletiva na capital uruguaia.”Uma final da Libertadores é para poucos. Tenho esse privilégio hoje”, acrescentou, antes de garantir que não se deve dar chances ao Palmeiras. “Temos uma equipe muito forte do outro lado”, acrescentou. O treinador do time rubro-negro, que volta a uma final no mesmo estádio onde o clube conquistou a sua primeira Libertadores em 1981, comemorou satisfeito por estar no comando de uma equipe “maravilhosa” e destacou que os dois finalistas chegaram a esta fase pelos seus próprios méritos. Antes de fazer o reconhecimento do campo em que disputará a final, Renato Gaúcho garantiu que seus jogadores estão preparados e treinaram considerando variáveis. “O torcedor pode esperar muita entrega e determinação” da equipe. “Trabalhamos para isso, o torcedor pode ficar tranquilo”.