Netflix confirma segunda temporada de ‘Fate: A Saga Winx’

Netflix, provedora global de filmes e séries de televisão via streaming, anunciou nesta quinta-feira, 18 de fevereiro, que terá a 2° temporada da série “Fate: A Saga Winx“. O elenco principal seguirá com as mesmas personagens, no entanto, novidades de novos integrantes serão anunciadas em breve. Totalizam-se mais oito episódios que serão disponibilizados de uma hora de duração cada.

A produção original Netflix é feita pela Archey Pictures Production, em sociedade com a Rainbow, e os novos capítulos começarão a ser gravados no final deste ano, na Irlanda.

O elenco protagonista conta com participação de Abigail Cowen como Bloom, Hannah van der Westhuysen como Stella, Precious Mustapha como Aisha, Eliot Salt como Terra e Elisha Applebaum como Musa.

A primeira temporada de “Fate: A Saga Winx” estreou globalmente no início de 2021.

“Na primeira temporada, os seis episódios retratam a superfície deste incrível e rico mundo e das poderosas fadas que o habitam. Na segunda, além da história de Bloom, que continua evoluindo, mal posso esperar para aprender ainda mais sobre Aisha, Stella, Terra e Musa! E nunca se sabe quem irá aparecer em Alfea no futuro”, fala Brian Young, showrunner da série.

Ignio Straffi, criador da série “O Clube das Winx”, fundador e CEO da Rainbow acrescentou:

“Winx se conecta com audiências do live-action da mesma maneira que se conecta com os fãs da animação. Com o passar dos anos, nós vimos Winx crescer e se tornar um fenômeno global – milhares de fãs seguem fielmente o show”.

A história fala sobre cinco fadas adolescentes que vivem em Alfea, um internato mágico localizado no Outro Mundo. No lugar, semelhante a uma “escola”, elas aprendem a dominar seus poderes enquanto equilibram suas vidas amorosas, novas amizades, rivalidades e monstros que ameaçam sua existência.

“Obrigado por esse suporte e lealdade. ‘Fate: A Saga Winx’ é um sucesso imenso no mundo todo, com uma segunda temporada a caminho da Netflix, que dará continuidade à história para o deleite de fãs e espectadores”, pondera Ignio Straffi.