Nova erupção do vulcão Semeru na Indonésia interrompe operações de resgate

Jacarta (AFP) – O vulcão Semeru, na ilha indonésia de Java, teve duas novas erupções nesta quinta-feira (16), expelindo uma coluna de cinzas e lava que fizeram centenas de pessoas das equipes de resgate fugirem.O vulcão, cuja erupção inesperada em 4 de dezembro deixou ao menos 48 mortos, projetou cinzas até 4,5 quilômetros da cratera, localizada na parte oriental da ilha de Java.O fluxo de lava gerado chegou até as cidades onde as equipes de resgate ainda buscam cerca de doze pessoas desaparecidas entre montanhas de barro e restos vulcânicos.Essa erupção dupla obrigou as autoridades a suspenderem as operações de busca nesta quinta-feira, informou o socorrista Saiful Hasan. “É muito perigoso para os socorristas”, disse à AFP.Até o momento não há informações sobre novas vítimas por esses novos episódios.A catástrofe de 4 de dezembro deixou aldeias com ruas completamente cobertas de barro e cinzas, que devoraram casas e veículos e obrigaram mais de 10.000 pessoas a fugirem.A Indonésia, que possui mais de 130 vulcões ativos, se encontra no chamado “cinturão de fogo” do Pacífico, uma faixa onde o atrito de placas continentais provoca uma atividade sísmica e vulcânica elevada.Na terça-feira, um terremoto de magnitude 7,3 abalou o leste do país, mas não provocou vítimas ou danos significativos.