Pacientes recuperados do novo Coronavírus estão sofrendo de Parosmia

A perda do olfato e paladar, são sintomas associados ao novo Coronavírus. Mas enquanto vários pacientes recuperados recobram plenamente seus sentidos, alguns acabam aprisionados em um fenômeno chamado parosmia, que é quando os cheiros e sabores passam a ficar distorcidos.
Para uma paciente, um copo d’água ganhou um odor horrível, tomar um banho se tornou insuportável.
Isso acontece, porque ao acontecer a perda do olfato, quadro conhecido como anosmia, o vírus danifica o tecido e as terminações nervosas do nariz. A parosmia, com cheiros distorcidos, pode ocorrer quando os nervos começam a crescer novamente, e o cérebro se torna incapaz de identificar bem os cheiros de verdade.

Essa condição de saúde é normalmente associada a resfriados comuns, crises de sinusite e lesões na cabeça. Quem sofre de parosmia consegue, em geral, sentir cheiros de coisa queimada, fumaça de cigarro e carne podre. Em casos mais graves, esses odores provocam enjoo e vômito.

O retorno total desses sentidos, pode levar anos para voltar.
Casos extremos de anosmia pode ser revertidos com tratamentos à base de medicamentos antiepiléptico.

Foto: Reprodução