Parto Seguro: Saiba a importância do acompanhante no parto

Psicóloga explica a importância do acompanhante para a mulher | Foto: Divulgação

O parto é um momento único na vida de uma mulher e da família da criança, por isso, é preciso apoio. Dessa forma, a Lei Federal n° 11.108/2005, conhecida como a Lei do Acompanhante, determina que os serviços de saúde do SUS, da rede própria ou conveniada, são obrigados a permitir à gestante o direito ao acompanhante durante todo o período de trabalho de parto e pós-parto.

A doula e psicóloga Krys Rodrigues explica a importância do acompanhante para a mulher. “Ter um acompanhante promove segurança física e emocional para a mulher durante o parto. Garante ter alguém que é testemunha dos procedimentos realizados, que pode responder por ela quando não for capaz, assegura sua integridade física e oferece suporte emocional”.

Com foco em promover um atendimento mais humanizado às gestantes e recém-nascidos e garantir que um dos momentos mais importantes da vida da mulher seja realizado com mais segurança e tranquilidade, o Hospital São Camilo Fortaleza possui o projeto “Saúde Gestacional São Camilo”, dedicado a gestantes e familiares que desejam um parto mais seguro e de forma acessível. Busca uma assistência obstétrica humanizada com uma equipe experiente que respeita a vida, a dignidade e os direitos das mulheres.

Segundo a gerente de Enfermagem do setor obstétrico, Mayrla Rodrigues, o projeto irá trazer uma experiência de parto com muito conforto e segurança, reduzindo ansiedades e medos das gestantes e familiares.

“Seja no parto normal ou cesárea, a mulher vive um dos momentos mais intensos de sua vida. Existem muitos sentimentos presentes, como medo, expectativas, cansaço, desejo que tudo ocorra bem. Toda mulher merece ser acolhida, respeitada, e informada sobre tudo o que vai acontecer com ela e seu bebê. Ter um plano de parto respeitado ao máximo. O nascimento é para ser uma experiência positiva, marcada por felicidade e não por violência”, explica Krys Rodrigues.

No projeto, são dois pacotes que incluem equipe médica, parto, assistência ao bebê na sala de parto e alojamento conjunto, além de diária em acomodação semi-privativa. As pacientes têm a opção de fazer a adesão ao projeto de parto com o hospital e trazer seu obstetra para acompanhar o parto dela mediante cadastro para condução de parto e habilitação de sistemas.