Preço de leite tem aumento de mais de 12% em Fortaleza em um ano, diz IBGE

Leite tem aumento nos preços em Fortaleza | Foto: Pixabay

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o leite longa vida teve alta acumulada de 12,61% na capital em 12 meses. A taxa resultou de pesquisa do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e corresponde à variação mensal acumulada até maio de de 2022. No Brasil, o produto aumentou 29,28% no período.

O leite em pó aumentou 12,41% no mesmo período analisado na capital cearense. A taxa ficou acima da média do Brasil, que registrou aumento acumulado de 9,63%.

Os preços dos derivados do leite também tiveram aumento em Fortaleza. Os dados do IBGE apontam que o queijo teve aumento acumulado de 20,66% nos preços no período. A taxa fica acima da média nacional, de 17,39%.

Outros produtos também tiveram aumentos, mas abaixo do registrado no Brasil. O segmento de iogurte e bebidas lácteas teve alta de 19,05%, pouco abaixo da média nacional, de 20,42%. 

A manteiga também aumentou no período, com acumulado de 8,54% frente os 12,34% acumulados no país no período.

O IBGE não contabilizou outros derivados como requeijão, leite condensado, leite fermentado e leite de coco.