Presidente da Ucrânia faz pronunciamento ao Congresso dos EUA

Presidente da Ucrânia faz pronunciamento ao Congresso dos EUA | Foto: Reprodução

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, fez um pronunciamento aos legisladores dos Estados Unidos (EUA) e pediu para que os americanos aumentem a doação de equipamentos militares para se defenderem das tropas russas. O chefe do país ainda pediu que seja feita uma criação de uma nova aliança de países.

De acordo com o presidente ucraniano, as instituições que foram criadas após a Segunda Guerra Mundial já não são suficientes, e é preciso novas ferramentas.

Zelensky pediu novamente uma zona de exclusão aérea na Ucrânia, algo que os países do Ocidente já afirmaram que não podem fazer. Então, ele mesmo completou dizendo que, como isso não será atendido, que enviem mais aviões.

O presidente também pediu mais auxílio militar para proteger o espaço aéreo da Ucrânia: “A Rússia tornou os céus da Ucrânia em uma fonte de morte para milhares de pessoas”. 

Para concluir o discurso, ele afirmou que gostaria de ver mais sanções para a Rússia, como a saída de todas as empresas americanas que fazem negócios com os russos.

Toque de recolher

A capital ucraniana, Kiev, adotou um toque de recolher de 35 horas após prédios residenciais serem atingidos por explosões. Kiev está cercada por tropas russas e sob alerta para novos ataques aéreos. Só é permitido que as pessoas circulem apenas para entrar em abrigos antiaéreos. 

Nas primeiras horas desta quarta-feira (16), um prédio residencial de 12 andares perto do centro de Kiev foi atingido por um bombardeio russo, de acordo com o serviço de emergência da Ucrânia.