Presidente do Líbano pede proclamação de ‘Estado laico’

O presidente do Líbano, Michel Aoun, afirmou, neste domingo (30), que ‘chegou a hora’ de declarar o país um ‘Estado laico’.
O anúncio foi feito em um pronunciamento pela televisão, por ocasião do centenário do país esta semana.

“Acredito que só um Estado laico é capaz de proteger e preservar o pluralismo, criando uma verdadeira unidade. Peço a proclamação do Líbano como um Estado laico.”, disse Michel Aoun, Presidente do Líbano.

O presidente de 85 anos já foi acusado por manifestantes de não estar conectado com os jovens do país.
said the 85-year-old president, who has long been accused by protesters of being out of touch with the country’s youth.

“A juventude do Líbano pede mudanças. Suas vozes estão em todos os lugares pedindo uma mudança no sistema, então devemos ouvi-los? Esses jovens são o futuro do Líbano, e por causa deles e pelo bem do futuro, digo que sim, chegou a hora.” disse Michel Aoun.

As declarações do líder libanês ocorrem às vésperas da visita do presidente francês, Emmanuel Macron, que se declarou favorável a reformas no país do Oriente Médio, que sofre os efeitos da tragédia de 4 de agosto no porto de Beirute.
A Organização das Nações Unidas disse, neste domingo, que mais da metade da população do Líbano pode ter dificuldades para conseguir comida devido ao agravamento da crise econômica e à destruição de grande parte da infraestrutura portuária da capital.

Confira a matéria:

Foto: AFP