Putin diz que soldados seguem avançando com invasão na Ucrânia

Putin diz que soldados seguem avançando com invasão na Ucrânia | Foto: Reprodução/REUTERS

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que os soldados continuarão avançando na Ucrânia e que seus alvos estão sendo atingidos. Putin também declarou que os militares russos não estão impedindo a saída de civis, rebatendo o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky.
A negociação entre os países ocorre em Belarus, um dos negociadores da Ucrânia, Davyd Arakhamia, afirmou que Kiev planeja discutir a viabilidade de corredores humanitários que não seriam alvos de ataques russos e serviriam para a passagem de refugiados e recursos.
No Twitter, outro dos negociadores ucranianos, Mykhailo Podoliyak, afirmou que as conversas haviam começado por volta de 11h50 (horário de Brasília). Entre as prioridades, além dos corredores humanitários, estão o “cessar-fogo imediato” e o armistício.


A primeira conversa entre as delegações após o início dos ataques ocorreu na segunda-feira (28) e teve duração de cinco horas, mas terminou sem um avanço. Na terça-feira (1º), Zelensky disse que a Rússia deveria parar o bombardeio de cidades ucranianas antes que um acordo ocorresse.