Quatro estabelecimentos são interditados por desobedecer horário de fechamento em Fortaleza

Em Fortaleza, houve a interdição de quatro estabelecimentos na noite desta quarta-feira (3) pela Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) por descumprirem regras do novo decreto municipal e estadual de combate à pandemia de Covid-19. Os estabelecimentos foram notificados por estarem funcionando após às 20h e ficam impedidos de abrir por sete dias.

As irregularidades foram registradas nos bairros Maraponga, Vila Manoel Sátiro, Mondubim e Henrique Jorge. A operação visitou, ao todo, nove estabelecimentos comerciais e constatou que cinco funcionavam cumprindo as regras do decreto.

Fiscalização em janeiro

A Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) realizou, durante o mês de janeiro, 344 fiscalizações em estabelecimentos comerciais e logradouros públicos. Essas ações resultaram em 65 autuações, 60 notificações, 22 estabelecimentos interditados e 33 atividades ou eventos encerrados pelo descumprimento dos decretos municipal e estadual de enfrentamento à Covid-19.

O órgão também apreendeu 31 paredões de som por promover poluição sonora e, consequentemente, aglomeração, além de 664 mesas e cadeiras que ocupavam irregularmente o logradouro público.

Como denunciar? 

O órgão destacou que os cidadãos podem acionar os agentes de fiscalização pelo aplicativo Fiscalize Fortaleza, pelo site oficial e através do telefone 156. As denúncias sobre aglomeração também podem ser feitas pelo número 190.