Relacionamentos saudáveis: a importância de viver um amor tranquilo e leve

Com a chegada do dia dos namorados, é necessário falar sobre a importância de cultivar relacionamentos saudáveis

Para falar sobre amor, é preciso tratar sobre todas as partes, algumas boas e outras nem tanto. O que pode ser bom para seu relacionamento, pode não ser favorável para outro casal. É importante, antes de tudo, entender o que são relacionamentos saudáveis e como identificar se o seu pode ser considerado saudável ou não.

Não há uma definição única sobre o que é um relacionamento saudável, mas podemos identificá-lo por ações e fatos. Estar em um relacionamento em que há igualdade e harmonia, respeito, amor, atenção e liberdade é sinônimo de saúde nas relações. O ponto que é a chave da questão é entender que cada um tem suas peculiaridades e que devem buscar juntos o equilíbrio necessário para fazer o relacionamento dar certo.

“É preciso falar sobre o amor saudável e incentivar a busca por relacionamentos que impulsionam ambas as partes a serem melhores, a se cuidarem e a amarem as igualdades e diferenças existentes. Amor é para ser leve, sem que haja atitudes e cobranças exageradas de ambas as partes”, comenta a psicanalista e vice-presidente do Instituto Revor, Elaine de Tomy.

Seja em um namoro ou casamento, a relação precisa ser sinônimo de companheirismo. Em qualquer fase da vida, o casal passará por momentos difíceis, problemas individuais que podem afetar ambos. É tendo no seu companheiro ou companheira um ponto de segurança que tornará mais fácil e leve enfrentar as dificuldades juntos. “E lembrem-se: conversem! O diálogo é o ponto mais importante para garantir a vitalidade e força de um casal”, cita Elaine.

Quando se está em uma relação onde brigas, exigências desmedidas, imposições sem consideração são situações recorrentes, saiba que este relacionamento está sugando as energias de ambos envolvidos e tornando a convivência um processo complicado de conciliar. Para a psicanalista, é importante impor limites a tudo que venha a ser compulsivo, para que evitem que essas ações se transformem em algo doentio e/ou abusivo.

“Lembre-se, tudo em excesso faz mal. Não significa que não possa existir ciúmes ou discussões, apenas que este não é o ponto principal do namoro nem algo que acontece constantemente. Compreensão, apoio e confiança são necessárias e guiam a um melhor relacionamento”, aponta Elaine.

É essencial que tanto de forma individual como em conjunto, o casal esteja em dias com a própria saúde mental. “Ter um acompanhamento psicológico pode ajudar não só no relacionamento mas também em várias situações da vida. Estar bem resolvido consigo mesmo pode te garantir um relacionamento saudável, maduro e pronto para evoluir cada dia mais”, conclui a psicanalista.

Instituto Revoar

O Instituto Revoar, braço social da Rede Memorial Fortaleza. Revoar vem do significado tornar a voar, que é associado a leveza e descoberta, e simbolicamente, as pessoas a se renovarem e se reconectar ao mundo novamente.

Sobre a Rede Memorial Fortaleza

Em um período tão difícil como o da perda de um ente querido, a Rede Memorial Fortaleza se propõe a atender com empatia, cuidado e honestidade, buscando prestar um atendimento funerário humanizado e especializado. Tendo como missão principal diminuir todo e qualquer transtorno decorrente da perda, desenvolvendo um serviço de qualidade, com profissionais habilitados e comprometidos, proporcionando acolhida a todos os clientes que buscam o serviço.