Representante nos Estados Unidos do TikTok afirma que o aplicativo veio para ficar

A representante nos Estados Unidos (EUA) do TikTok afirmou neste sábado que o aplicativo não tem planos de deixar sua operação no país, depois do presidente Donald Trump ter dito que vai proibir a rede social.
Em um vídeo publicado na plataforma, Vanessa Pappas, encarregada do fenômeno da internet nos Estados Unidos, pediu que as pessoas ‘continuem apoiando o Tiktok’.
O presidente republicano acredita que a rede social pode ser usada como ferramenta da inteligência chinesa.

O Tiktok está sob investigação da agência americana responsável por monitorar se os investimentos estrangeiros não representam um risco à segurança nacional.
A ByteDance, empresa chinesa proprietária do aplicativo, nega qualquer vínculo com o governo de Pequim.
Meios de comunicação americanos chegaram a afirmar que Trump obrigaria a rede social chinesa a vender o braço americano da companhia e a Microsoft foi apontada como potencial interessada.

Confira a matéria:

Foto: AFP