Rússia e Ucrânia têm novas negociações por videoconferência

Rússia e Ucrânia têm novas negociações por videoconferência | Foto: Reprodução

Uma nova rodada de negociações ocorre nesta segunda-feira (14), entre a Rússia e a Ucrânia, desta vez por videoconferência, confirmou o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, segundo a agência de notícias RIA. Esta é a quarta rodada de conversas entre os dois países para entrarem em um acordo de um cessar-fogo, na retirada de tropas russas e garantias de segurança para a Ucrânia, disse um dos negociadores ucranianos, Mykhailo Podolyak.

“Novamente. As negociações são ininterruptas no formato de videoconferências, enquanto os grupos de trabalho continuam em funcionamento. Um grande número de questões requer atenção constante. Na segunda-feira, será realizada uma nova sessão de negociação para resumir os resultados preliminares…”, publicou Podolyak nas redes sociais.

Ataque russo

No mesmo momento em que as negociações acontecem, as tropas russas continuam atacando diversas cidades ucranianas. A capital, Kiev, também foi alvo. 

Diversas explosões pesadas foram relatadas. Algumas das explosões podem ter sido causadas por armas da defesa aérea da Ucrânia visando aeronaves russas ou mísseis de cruzeiro.

Ainda nesta segunda-feira, a Ucrânia tentará evacuar civis por 10 “corredores humanitários”, inclusive de cidades próximas à capital Kiev e na região leste de Luhansk, disse a vice-primeira-ministra Iryna Vereschuk.

19° dia de guerra

Nesta segunda completa 19 dias que a Rússia invadiu a Ucrânia, desde o dia 24 de fevereiro. Desde então os ucranianos se defendem como podem e com a ajuda de recursos de outros países. A Rússia já sofreu diversas sanções econômicas, esportivas e tecnológicas.