Rússia nega querer derrubar Zelensky e defende negociações

Rússia nega querer derrubar Zelensky e defende negociações | Foto: Reprodução

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, afirmou em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (9), que o país alcançará seu objetivo de garantir o status neutro da Ucrânia e prefere fazer isso por meio de negociações.

De acordo com a porta-voz, os objetivos não incluem derrubar o governo de Kiev, e a Rússia espera alcançar progressos mais significativos na próxima reunião de negociações com a Ucrânia.

Zakharova também disse que a operação militar da Rússia está seguindo seu plano como deveria ser.

A porta-voz russa acrescentou que a Rússia já teria recebido mais de 140 mil ucranianos em seu território desde a chamada “operação militar especial” na Ucrânia. 

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 2 milhões de refugiados já deixaram a Ucrânia até o momento.

Corredores humanitários

O Ministério de Defesa da Rússia informou, nesta terça-feira (8), que corredores humanitários foram abertos em cinco cidades da Ucrânia, entre elas a capital, Kiev. As tropas russas interromperam os ataques nos locais das rotas.

Além de Kiev, os corredores estão localizados em Sumy, Cherhihiv, Kharkiv e Mariupol.