Secretário-geral da ONU classifica a guerra como um ‘absurdo’ ao visitar Ucrânia

Antonio Guterres se encontra com Zelensky | Foto: Reprodução

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, visitou a Ucrânia, onde se encontrou com Volodymyr Zelensky para falar sobre a guerra entre o país e a Rússia. Em sua primeira visita à cidade, ele visitou cidades devastadas, como Bucha, onde dezenas de corpos de civis mortos foram deixados pelas ruas, e descreveu a guerra como um absurdo no século XXI. 

“Quando vemos este lugar horrível, entendo como é importante ter uma investigação completa e estabelecer as responsabilidades. Peço à Rússia que aceite cooperar com o TPI” (Tribunal Penal Internacional), afirmou Guterres em Bucha.

Desde o início da guerra, em 24 de fevereiro, esta é a primeira vez que o secretário-geral vai até à Ucrânia.

Antes de pousar na Ucrânia, ele estava em Moscou, na Rússia, onde se encontrou com Vladimir Putin para uma conversa e ouviu do russo que ele tem “esperança de alcançar acordo pela via diplomática”. 

Guterres também conversou com ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, e declarou que “o que nos interessa muito é encontrar os meios para criar as condições de um diálogo eficaz, criar as condições para um cessar-fogo o mais rápido possível”.