Terceira reunião entre Rússia e Ucrânia tem “pequeno avanço” sobre corredores humanitários

Mais uma rodada de negociação entre as delegações de Rússia e Ucrânia ocorreu nesta segunda-feira (7) em Brest, cidade de Belarus, onde se conseguiu um “pequeno avanço” na questão da logística de corredores humanitários na Ucrânia, afirmou um dos negociadores ucranianos.
“Continuaram as consultas intensivas sobre o bloco político básico dos regulamentos, juntamente com um cessar-fogo e garantias de segurança”, complementou Mykhailo Podoliyak, conselheiro da Presidência ucraniana, no Twitter.
Já o russo Vladimir Medinsky avaliou que as negociações “não são fáceis”, e que “é muito cedo para falar sobre algo positivo”, declarou o integrante da comitiva. 
“Espero que da próxima vez possamos dar um passo maior em frente”, afirmou.
Também nesta segunda, a Rússia impôs novas condições para cessar a guerra na Ucrânia, sugerindo uma mudança da Constituição do país vizinho para resguardar neutralidade, além do reconhecimento da Crimeia como território russo e das repúblicas separatistas de Donetsk e Lugansk como territórios independentes.
A abertura dos corredores têm sido um pedido constante do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky. Os ucranianos, no entanto, alegam que os russos estão tentando manipular a saída dos refugiados para que o destino seja Belarus ou a própria Rússia.