Toyota desbanca GM como líder de vendas de automóveis nos EUA

Nova York (AFP) – A fabricante de automóveis japonesa Toyota encerrou 2021 como líder de vendas de carros nos Estados Unidos, segundo dados publicados nesta terça-feira (4), superando a General Motors pela primeira vez e à medida que a escassez de semicondutores afeta a indústria automotiva.A mudança de posições ocorre após um ano de escassez de chips cruciais nas linhas de montagem, que se traduziu em fortes quedas nas vendas no quarto trimestre para as duas companhias.No entanto, a Toyota aumentou suas vendas anuais nos Estados Unidos em 10,4% até alcançar 2,3 milhões de unidades, enquanto a General Motors recuou 12,9%, com 2,2 milhões.A Toyota também registrou pequenos lucros anuais em seus sedãs mais vendidos, o Camry e o Corolla, e uma queda modesta nas vendas de seu SUV compacto Rav4. O SUV Highlander também aumentou suas vendas em 2021.A GM, que depende mais do mercado de caminhonetes do que a Toyota, teve uma queda anual de 10,8% em suas picapes Silverado e uma queda de 6,4% em sua linha de caminhões GMC. A fabricante americana ostentou a coroa de empresa número um na venda de automóveis nos Estados Unidos desde 1931, quando superou a Ford, segundo a publicação comercial Automotive News. Charlie Chesbrough, economista sênior da Cox Automotive, destacou que a falta de ênfase da GM em sedans lhe custou parte do mercado e estima que a Toyota também pode ter se beneficiado de uma rede menor de distribuidores em comparação com GM, Ford e Stellantis, proprietária das marcas Chrysler. “Como resultado, é possível que as vendas tenham diminuído (para GM e companhia) porque os compradores não puderam encontrar o produto que procurvam”. Jessica Caldwell, diretora-executiva de análise de dados para a empresa especializada Edmunds, avalia que as posições podem mudar.”É uma façanha notável para a Toyota, mas não é provável que seja um sinal de mudança de longo prazo: a GM tem a vantagem de que tem mais marcas e produtos para os consumidores escolherem”.Em um comunicado, a Toyota estimou que vai investir 3 bilhões de dólares nos Estados Unidos para desenvolver veículos elétricos.Entre outras empresas que informaram suas vendas anuais nos Estados Unidos para 2021, a Honda teve aumento de 8,9% com 1,5 milhão de veículos, e a Hyundai aumentou 19%, com 738.081 automóveis.