Trends Experience tem segunda edição com participação de Bernardo Cardoso, da Stone

Após o sucesso da primeira edição, a TrendsCE promove a segunda Trends Experience. O evento, restrito para convidados, irá trazer para centro dos debates o sócio diretor de M&A (fusões e aquisições) e inovação da Stone, principal startup de tecnologia para meios de pagamento do Brasil, Bernardo Carneiro. O encontro, promovido em parceria com a VERK Investimentos, será realizado na sede da startup cearense Somapay, nesta sexta-feira (12), às 15h.

Os empresários c-levels e empreendedores convidados terão uma imersão em aspectos e características típicas dos clientes atuais, a necessidade de atender multiplataformas e como satisfazer seu público diante de uma concorrência que está a um clique de distância.

A exposição será feita por um dos profissionais que mais se destacam no setor, e que começou a empreender na internet com 19 anos, tendo feito parte da Braspag, Netcredit, MoIP e das empresas do Sieve Group. Bernardo Carneiro foi ainda CEO da Site Blindado, empresa líder em segurança e credibilidade online na América Latina. O especialista tem mais de 15 anos de experiência em e-commerce, e é formado em Administração de Empresas com Ênfase em Finanças e Mestre em Estratégia pelo IBMEC. Também é graduado pela Harvard Business School (OPM 49).

O Trends Experience tem o intuito de oferecer um espaço exclusivo aos nomes de peso da economia, inovação e empreendedorismo, sendo um braço de relacionamento, negócios e experiências da TrendsCE. A primeira edição do evento, ocorrida em agosto, recebeu Mansueto Almeida, economista chefe do BTG Pactual e ex-secretário do Tesouro Nacional.

Marcos André Borges, CEO da TrendsCE e da VSM Comunicação Integrada, explica que o evento “busca por algo intimista, além de restrito, por conta dos protocolos da pandemia, mas, ao mesmo tempo, informal e impactante na vida dos empreendedores. Temos conseguido tornar tudo muito exclusivo, com um grupo muito seleto, que, inclusive, irá continuar assim, mesmo depois do fim da pandemia”.