Vacinação domiciliar contra Covid 19, em Fortaleza, começa nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira, 27 de Janeiro, é o primeiro dia de imunização oficial do segundo grupo prioritário da 1° fase. Cem idosos a partir de 75 anos serão vacinados em domicílio. Entre eles, estão os que devido ao erro no sistema da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), acabaram agendando vacinação no Centro de Eventos do Ceará, mas não se vacinaram.

Todos os municípios do Estado já receberam doses para aplicação neste grupo prioritário.

De acordo com a SMS, na Capital, os idosos, que receberão o imunizante da Oxford/Astrazeneca, serão comunicados por e-mail ou Whatsapp sobre a data da vacinação. Dez equipes trabalharão durante esta quarta na imunização, circulando em rotas, em logística semelhante à implantada no ano de 2020 para imunização contra a Influenza.

Segundo o prefeito de Fortaleza, Sarto Nogueira, mais 2.777 doses foram aplicadas na Capital nesta terça-feira, 26. Ou seja, a cidade chega a 23.632 pessoas vacinadas contra a infecção causada pelo novo coronavírus, de acordo com o chefe municipal.

Para os idosos que optaram pela vacinação em drive-thru, a SMS garantiu que, em breve, também “entrará em contato via e-mail e WhatsApp orientando com a data e local indicados”. Cada vacinado receberá duas doses da vacina, com intervalo de 12 semanas (três meses) entre elas.

A SMS comunicou que o agendamento para este grupo segue sendo feito pelo aplicativo Mais Saúde Fortaleza (disponível para todos os sistemas operacionais) e pelo site Vacine Já.

A Secretaria ainda ressaltou que tanto nas unidades hospitalares quanto no Centro de Eventos, até o próximo domingo, 31, continuarão a ser vacinados trabalhadores da saúde ativos atuantes em hospitais. Para ter o cadastro prévio validado, o profissional precisa apresentar documento de identidade com foto e comprovante profissional (contracheque, carteira de trabalho e declaração do equipamento de saúde em que atua).

Profissionais responsáveis pela imunização

A SMS também reforça que os profissionais de saúde que realizarão a vacinação domiciliar estarão uniformizados e paramentados com Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Além disso, eles apresentarão crachás de identificação da Prefeitura de Fortaleza.

Quanto a vacinação de idosos no Ceará

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) divulgou que todos os municípios do Estado já receberam lotes da vacina que será aplicada nos idosos. As doses, no entanto, não são suficientes para imunizar toda a população cearense com 75 anos ou mais.

Por isso, a orientação para os municípios é de que sejam priorizados os idosos acamados, seguindo a listagem de prioridades a seguir:

1º – Idosos a partir de 75 anos acamados;
2º – Idosos a partir de 90 anos;
3º – Idosos a partir de 85 anos;
4º – Idosos a partir de 80 anos;
5º – Idosos a partir de 75 anos.